Aprendendo A Jogar (Elis Regina)

Elis Regina 1980

Olá a todos!

A 19ª transcrição que disponibilizamos aqui no site é em homenagem ao baterista fluminense Picolé, músico que possui uma discografia extensa.

A maior parte de suas gravações foi realizada entre o fim dos anos 70 e meados da década de 80. Picolé trabalhou muito com os produtores Lincoln Olivetti e Robson Jorge, que naquele período eram onipresentes na música brasileira. Aliás, recomendo o álbum homônimo da dupla de 1982, que além de Picolé, conta com Mamão (Ivan Conti) e Paulo Braga na bateria.

Portanto, o músico gravou com: Rita Lee (sucessos como Lança Perfume, Nem Luxo Nem Lixo, Bem-Me-Quer, Chega Mais e Doce Vampiro), Marcos Valle, Moraes Moreira, Rosa Maria, Roberto Carlos, Elba Ramalho, Natan Marques e Ricardo Leão, Fagner, Simone, Djavan, Wando, Ney Matogrosso, Jorge Benjor, Sérgio Dias, Milton Nascimento, entre outros.

Apesar disso, Picolé é pouco conhecido inclusive entre os músicos. Buscar informações sobre o baterista na internet, foi quase em vão.

Picolé também tocou com Elis Regina, tendo gravado o último álbum de estúdio da cantora, lançado em 1980. Logo depois, participou do show Trem Azul, também da cantora gaúcha.

Desse álbum de 1980 de Elis Regina, transcrevemos Aprendendo A Jogar, composição de Guilherme Arantes.

Portanto, imprimam a transcrição, coloquem um fone e vamos à música!

Aprendendo A Jogar

A transcrição está com a fórmula de compasso 4 por 4 (quatro tempos por compasso, unidade de tempo = semínima).

O andamento anotado no início da partitura é apenas uma sugestão, já que é possível afirmar que a música foi gravada sem o uso de metrônomo.

Aprendendo A Jogar começa com um groove funkeado de baixo (de Pedro Baldanza) e bateria. Perceba que a banda vai entrando aos poucos. No quinto compasso, depois de um fill com caixa e prato de ataque, notamos a entrada do teclado e do coro. No nono compasso ouvimos a entrada de uma guitarra, e no compasso 13 a entrada de uma segunda guitarra.

Embora Picolé praticamente não repita nenhum compasso neste groove, percebemos que o músico toca variações de um mesmo tema, sem mudar a levada drasticamente. Aqui escutamos predominantemente: chimbal em colcheias com acentos na cabeça de cada tempo; caixa na quarta semicolcheia do tempo 1 e na cabeça do tempo 4; e bumbo na cabeça dos tempos 1 e 3 e contratempo do tempo 2 (veja o compasso 1 da transcrição).

No compasso 16, o baterista faz uma preparação para que Elis Regina entre com a melodia do refrão. Nesta virada, Picolé faz toques duplos e simples (double e single stroke roll). Aliás, estes são os rudimentos mais tocados pelo baterista durante a música. Mais adiante também é possível ouvir a aplicação de um terceiro rudimento, que é o flam.

Ainda sobre os fills, é importante dizer que é muito difícil precisar o número de toms e surdos do kit usado nesta  gravação. De qualquer forma, para fazer esta transcrição, pensamos numa bateria com dois toms e um surdo.

A forma da música é sempre refrão – refrão – verso.

O mesmo groove da introdução é mantido durante o refrão. No fim desta parte, ouvimos que a toda a banda toca um ritmo idêntico (convenção). Aqui (compasso 24 da transcrição), Picolé utiliza bumbo com a aberturas de chimbal, finalizando sua frase na caixa.

O refrão seguinte é concluído com uma virada na bateria, seguida de outra convenção, onde Picolé usa bumbo e pratos de ataque (compasso 32).

Essas ideias musicais serão repetidas nos refrãos seguintes.

Nos versos (parte A), o baterista toca duas levadas diferentes, acompanhando a mudança de clima dentro da mesma seção.

A primeira pode ser vista no compasso 34 da transcrição. Ali temos chimbal em colcheias, caixa na cabeça dos tempos 2 e 4, e bumbo junto com aberturas de chimbal no contratempo dos tempos 2 e 4. Note que o ritmo do bumbo coincide com o ritmo das mudanças de acordes tocadas no teclado.

Elis Regina - Trem Azul (1982)Robson Jorge & Lincoln Olivetti (1982)Rita Lee 1979Rita Lee 1980Marcos Valle (1983)Marina Lima - Simples Como O Fogo (1979)Angela Ro Ro - Só Nos Resta Viver (1980)Simone - Delírios, Delícias (1983)Natan Marques & Ricardo Leão (1987)Roberto Carlos (1987)Fafá de Belém (1983)Djavan 1978Milton Nascimento - Anima (1987)Sergio Dias 1980Jorge Ben - Dádiva (1983)Ney Matogrosso - Destino de Aventureiro (1984)Rita Lee - Saúde (1981)Fagner - A Mesma Pessoa (1984) Rosa Maria - Cristal (1984)Moraes Moreira - Pintando O Oito (1983)

A levada seguinte (ver compasso 37), tem bumbos sendo tocados na cabeça dos tempos 1 e 3 e aberturas de chimbal em todos os contratempos. A caixa também é tocada na cabeça dos tempos 2 e 4.

Nos três últimos compassos do verso, Picolé ataca junto com a banda em uns momentos, preenchendo com viradas os espaços deixados pelo arranjo.

Depois de ouvirmos o chorus “refrão – refrão – verso” três vezes, percebemos que a banda retoma o clima apresentado na introdução, porém um pouco mais “pilhada” e com outra levada de baixo. Na transcrição, esta parte pode ser vista a partir do compasso 92.

A partir de 3:25, logo após o fill de bateria (compasso 107), a intensidade da banda cresce ainda mais, preparando-nos para o final da música. Aqui o baterista substitui o chimbal pelo prato de condução.

Aprendendo A Jogar é encerrada com coro (digui digui digui dagá) e com uma levada de guitarra.

Ouvindo a performance de Picolé, concluímos que o baterista toca com bastante energia, firme, e com uma intenção funkeada, sendo bastante responsável por fazer com que a música soe “pra cima”.

Por isso, quando forem tocar junto com a gravação, procurem trazer essa intenção para som de vocês, não ficando preocupados apenas em acertar as notas da transcrição.

Em entrevista à revista Modern Drummer Brasil (mar/2011), o baixista Paulo Cezar Barros (PC), falou sobre Picolé:

“Gravamos todos os dias durante duas décadas. Foi o maior batera com quem gravei, em termos de time (tempo). A onda dele era time e groove. Musicalidade à flor da pele. Impressionante. Nos anos 70 ainda não gravávamos com click (metrônomo), e nós dois éramos colados, bumbo e baixo.”

Para finalizar, aproveito para sugerir que pesquisem sobre a discografia deste grande músico brasileiro.

Bom estudo e até a próxima!

 

Versão original de Aprendendo A Jogar (1980)

 

                         

Elis Regina Carvalho Costa com Picolé na bateria (1980)           Elis Regina ao vivo – Especial Grandes Nomes (1981)